Select Language


Chave dinamométrica vs.
chave de impacto pneumática

 

      

 

Uma chave dinamométrica é utilizada para apertar porcas a um binário específico. É também utilizada para aplicar a mesma quantidade de binário em múltiplas porcas e parafusos, além de que, previne que as roscas das porcas e dos parafusos sejam danificadas ou até que as respetivas cabeças saltem fora. 

Um valor de binário é a força de torneamento aplicada ao apertar uma porca ou parafuso. Ao efetuar reparações na direção ou suspensão cumpra sempre os valores de binários recomendados pelo fabricante de equipamento original de forma a assegurar uma substituição precisa.

A aplicação dos valores de binário corretos assegura uma montagem precisa das suas peças de direção e suspensão.

CHAVE DINAMOMÉTRICA VS. CHAVE DE IMPACTO PNEUMÁTICA: DICAS DE ESPECIALISTA 

Vantagens da utilização de uma chave dinamométrica (torquímetro)

O uso de uma chave de impacto pneumática (também conhecida como aparafusadora de impacto mecânica ou chave dinamométrica elétrica) pode muitas vezes ser favorecido pelos mecânicos para poupar tempo.
No entanto, ao não utilizar uma chave manual, poderá danificar a peça a instalar no veículo. Uma chave de impacto pneumática é uma máquina poderosa. 

A chave dinamométrica utiliza um batente de esfera e uma mola na cabeça da chave que emite um clique assim que é alcançado o binário predefinido. O uso de uma chave de impacto pneumática não fornecerá esta informação e o binário aplicado é indefinido. 

3 riscos da utilização de uma chave de impacto pneumática (aparafusadora de impacto):

  • Perfurar a rosca móvel
  • Danificar o rolamento
  • A cavilha de esfera é inserida profundamente no invólucro

Quando deve utilizar uma chave dinamométrica (torquímetro)

  • Deverá usar sempre uma chave dinamométrica para instalar peças de direção e suspensão. Uma chave dinamométrica permite uma maior precisão ao instalar peças MOOG e permite ao mecânico um binário controlado.
  • As porcas e parafusos também estão sujeitos a desgaste e ferrugem, pelo que devem ser sempre substituídos e o aperto dos casquilhos deve ser sempre feito quando o veículo está a uma altura de condução normal.
  • Além disso, após voltar a montar as rodas, recomendamos o uso de uma chave dinamométrica em vez de uma chave de impacto pneumática para o aperto das porcas da roda. 
Compartilhar